Trailer _ “Clone, clone meu…” 1997

Durante uma noite inteira, uma trupe quixotesca de artista, se reuniu dentro de um banheiro para contar uma história. A história de um cientista, o mesmo que descobriu a clonagem.

“Clone, clone meu…” foi todo gravado em uma única noite, em Super VHS e editado em poucas horas.

Uma semana depois de sua exibição na cidade de Santos, ele conquista o Prêmio Mapa Cultural do Estado de São Paulo, como melhor roteiro e melhor direção em 1997. Um prêmio até então inédito para a cidade de Santos.

Com Miguel Marcarian como personagem principal, este curta metragem é uma reflexão sobre a clonagem de seres humanos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s